Espetáculos

Sinopse

Um grupo de velhos mascarados visita um bairro da cidade, povoando o cotidiano com imagens saudosistas do passado. Nesta intervenção cênica, o público é convidado a fazer um passeio por um bairro da cidade, onde os personagens realizam ações cotidianas e estabelecem relações com os moradores e transeuntes, despertando memórias e compartilhando lembranças e histórias.

Gênero: intervenção cênica
Classificação etária: livre
Duração: 120 minutos

Grupo

TEATRO PÚBLICO

Belo Horizonte (MG)

O Teatro Público nasceu em 2011, com a realização de um projeto de habitação teatral desenvolvido no bairro Lagoinha, em Belo Horizonte, e que deu origem ao espetáculo Naquele bairro encantado. Em 2014, seguindo a mesma linha de ocupação dos espaços urbanos, desenvolveu o projeto de montagem do espetáculo Saudade, no bairro Saudade, em Belo Horizonte. O grupo é formado pelos artistas Diego Poça, Larissa Albertti, Luciana Araújo, Marcelo Alessio, Rafael Bottaro e Rafaela Kênia. 

Ficha Técnica

Direção: Rogério Lopes
Dramaturgia: Larissa Albertti
Atuação: Ana Lavigne, Diego Poça, Larissa Albertti, Luciana Araújo, Marcelo Alessio e Rafael Bottaro
Direção musical e preparação vocal: Eberth Guimarães
Figurinos: Juliana Floriano
Criação e confecção de máscaras: Fernando Linares
Produção: Felipe Montesano
Fotografia: Naum Audiovisual

 

Pensamento Giratório

A rua encantada


A proposta desta aula-espetáculo é compartilhar a pesquisa desenvolvida pelo Teatro Público, por meio de um encontro que mistura intervenção cênica, exibição de materiais de registro dos processos e relatos de experiências, além de reflexões sobre os trabalhos do grupo. Na aula, atores e personagens mascarados contam histórias e falam de desdobramentos dos processos de criação do grupo.

 

Oficina

A máscara em suspensão no cotidiano


A oficina propõe um espaço de estudo e vivência da máscara teatral em relação com o espaço público, explorando o potencial da ficção no cotidiano da cidade. São abordados princípios, conceitos, técnicas e práticas sobre a relação do ator e a máscara, o jogo da máscara teatral e o espaço urbano como possibilidade de criação.

Público-alvo: artistas, estudantes de artes cênicas ou interessados pelo universo da máscara no teatro
Carga horária: 12 horas
Ministrantes: Diego Poça, Larissa Albertti, Luciana Araújo, Marcelo Alessio e Rafael Bottaro
Número máximo de participantes: 16

 

Espetáculo de Repertório

Café encantado

Um grupo de velhos mascarados promove um café com o público, um grupo de pessoas da terceira e quarta idade. Os personagens trazem à tona histórias, hábitos e canções do passado, em um ambiente de trocas de experiências com os espectadores. O repertório musical da intervenção é composto de músicas populares brasileiras de meados de século passado, que remetem ao universo das serestas e serenatas, capazes de conduzir o público a um encontro com suas memórias e saudades.

Gênero: intervenção cênica
Classificação etária: livre
Duração: 90 minutos

Ficha Técnica:

Concepção: Teatro Público
Atuação: Ana Lavigne, Diego Poça, Larissa Albertti, Luciana Araújo, Marcelo Alessio e Rafael Bottaro
Figurinos: Juliana Floriano
Criação e confecção de máscaras: Fernando Linares
Produção: Felipe Montesano
Fotografia: Naum Audiovisual